Cinco Votos para Obter Poder Espiritual.

Primeiro - Trate Seriamente com o Pecado. Segundo - Não Seja Dono de Coisa Alguma. Terceiro - Nunca se Defenda. Quarto - Nunca Passe Adiante Algo que Prejudique Alguém. Quinto - Nunca Aceite Qualquer Glória. A.W. Tozer

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

UNÇÃO DE SANTIFICAÇÃO?



Depois de muito ler livros de “batalha espiritual”, eu estava começando a crer no óleo, principalmente diante dos textos altamente recomendado por esses autores, que se encontram em Êxodo 30:22-33 (o azeite da santa unção) e Êxodo 40:1-16 (o estabelecimento do tabernáculo):

“Assim santificarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que tocar nela será santo. Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificará para me administrarem o sacerdócio.” (Êxodo 30:29-30)

“Então tomarás o azeite da unção e ungirás o tabernáculo, e tudo o que há nele; e o santificarás com todos os seus pertences, e será santo. Ungirás também o altar do holocausto, e todos os seus utensílios; e santificará o altar; e o altar será santíssimo. Então ungirás a pia e a sua base, e a santificarás. Farás chegar também a Arão e a seus filhos à porta da tenda da congregação; e os lavarás com água. E vestirás a Arão as vestes santas, e o ungirás, e o santificarás, para que me administre o sacerdócio. Também fará chegar a seus filhos e lhes vestirás as túnicas, e os ungirás como ungiste a seu pai, para que me administrem o sacerdócio, e a sua unção lhes será por sacerdócio perpétuo nas suas gerações.” (Êxodo 40:9-15)

Uma metodologia bastante correta... de acordo com a lei! E aí está o grande problema! A Bíblia não pode ter sua cronologia ignorada e todas essas recomendações de procedimentos para santificação encontram um ponto final diante desse importantíssimo texto:

“Porque tendo a lei sombra dos bens futuros e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a ele se chegam. Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados, porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados. Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, mas corpo me preparaste; Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: Eis aqui venho (no princípio do livro está escrito de mim), para fazer, ó Deus, a tua vontade. Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro para estabelecer o segundo. Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez. E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados; Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus, Daqui em diante esperando até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés. Porque, com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados. E também o Espírito Santo no-lo testifica; porque depois de haver dito: Esta é a aliança que farei com eles depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações e as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades. Ora, onde há remissão destes, já não mais oblação pelo pecado. Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa. Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.” (Hebreus 10:1-23)

Que interessante! De acordo com o texto acima podemos concluir que:

*

O sacrifício de Cristo na cruz foi feito apenas uma única vez. Esse texto explica claramente que os sacrifícios do velho pacto (como, por exemplo, os relatados nos capítulos de 1 a 5 do livro de Levítico) não eram eficazes e muito menos agradavam a Deus (versos 6, 8 e 11)
*

Jesus Cristo é o grande sacerdote sobre a casa de Deus e, através de seu sacrifício único, nos santifica (versos 10 e 12-18), aperfeiçoando dessa forma as leis que deveriam ser cumpridas no Antigo Testamento.

Então, como posso eu depender de um tipo de óleo para santificar algo depois de conhecer essa verdade? Quem nos santifica é somente nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e isto está diretamente relacionado a outro fator importantíssimo, que faz parte do “legado” deixado por Ele. Vejam:

“E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.” (João 7:37-39)

A afirmação que faço a seguir é bastante chocante, mas, baseado no texto acima, posso afirmar então que nenhum dos grandes personagens do Antigo Testamento teve uma experiência tão íntima com Deus quanto qualquer um que tenha nascido depois da glorificação de Jesus Cristo. Mesmo Moisés, que conheceu ao Senhor Face a Face (Êxodo 33:11; Números 12:7-8; Deuteronômio 34:10) não teve uma experiência conforme a descrita em Romanos 8:26-27.

Esse parágrafo é especulativo, mas eu penso que essa é a melhor explicação para o sangue nos umbrais de Êxodo 12, pois tal sinal se fez necessário para o reconhecimento de quem iria ser salvo ou não... afinal, ninguém ali tinha o Espírito Santo!

Os poucos personagens do Antigo Testamento que chegaram a ter um contato mais próximo com a experiência do Espírito Santo: ou foram escolhidos diretamente pelo próprio Deus, ou tiveram uma experiência momentânea ou então tiveram que ser ungidos para isto! Veja alguns dentre muitos exemplos:

*

Bezalel (escolhido por Deus) — Êxodo 31:2-3; Êxodo 35:31.
*

Eldade e Medade (momento) — Números 11:26. O fato da maioria do povo não ter o Espírito de Deus é confirmado em Números 11:29.
*

Josué (ungido por imposição de mãos) – Deuteronômio 34:9.
*

Otniel (momento) — Juízes 3:9-11.
*

Sansão (vários momentos) — Juízes 13:25; Juízes 14:6; Juízes 14:19 e Juízes 15:14.
*

Saul (ungido) — I Samuel 10:1-7; I Samuel 11:6. Esse, mesmo ungido, fez tanta besteira que o Espírito do Senhor acabou se retirando dele (I Samuel 16:14).
*

Davi (ungido) — I Samuel 16:13; II Samuel 2:4.

Eu poderia fazer uma lista mais extensa que esta com mais personagens do Antigo Testamento que puderam ter uma “provinha” da presença do Espírito do Senhor, mas sugiro que leiam o estudo de Walter Andrade Campelo para compreender quem exatamente eram as pessoas ungidas naquela época, assim como as funções do óleo. Mas mesmo nestes exemplos podemos ver que o mesmo Espírito gerava capacidades bastante diversas entre si.

Se esses homens, apenas ao “esbarrar” com o Espírito, fizeram acontecer eventos incríveis, imagine agora o que podem fazer aqueles em quem o Espírito habita? Sim! Habitar é algo perene... é conviver a cada instante com Ele. Essa informação é confirmada através dos textos de João 14:15-17 e 26 (“... habita convosco, e estará em vós”); I Coríntios 3:16; Efésios 2:22 e II Timóteo 1:14.

Acho que a maioria daqueles que está lendo este texto até aqui sabe muito bem o que deve fazer para receber o Espírito Santo, mas não me custa nada citar João 20:22, Atos 1:8, Atos 2:38, Atos 8:15-17, I Coríntios 6:19, Gálatas 3:14... afinal, estes são métodos comprovados para “ganhar” este “presente” deixado para nós pelo próprio Jesus Cristo.

Um alerta! Há muita gente por aí pensando que está cheia do Espírito Santo e, na verdade, estão agindo exatamente contra o texto de Colossenses 2:8; esquecendo Romanos 8:4-11, I Tessalonicenses 4:2-8, I Timóteo 4:1-2 e Tiago 4:4-5; esperando e aceitando tudo o que está descrito em II Tessalonicenses 2:3-12... sequer se preocupando em aplicar I João 4:1-3 ou tentando observar o tipo de resultados da ação desse espírito dentro do previsto em Gálatas 5:19-23. Estes certamente não devem se agradar nem um pouco das coisas que tenho escrito nos últimos tempos. Não posso deixar de registrar que me entristeço ao encontrar tantos líderes agindo conforme I Timóteo 6:3-5, II Timóteo 4:3-4 e se adequando cada vez mais às profecias de Isaías 56:8-12 e Ezequiel 34:1-10... são justamente esse líderes que mais gostam de usar as coisas “bentas” como, por exemplo, flores, lenços, água e, é claro, o óleo!

A única conclusão a qual posso chegar nesta primeira seção é:

UTILIZAR ÓLEO COM O OBJETIVO DE SANTIFICAR QUALQUER COISA

É NEGAR DIRETAMENTE O SACRIFÍCIO DE JESUS CRISTO NA CRUZ:

USE SUA ORAÇÃO E, COM MUITO CUIDADO, A IMPOSIÇÃO DE MÃOS.

Recomendo cuidado com a imposição de mãos baseado no texto de I Timóteo 5:22. Não saia por aí deixando que qualquer maluco coloque as mãos em sua cabeça... ainda mais se não souber verdadeiramente se o “vaso” tem rachaduras ou não!
UNÇÃO E ESPÍRITO SANTO
VOLTAR AO TOPO

Ora, no Novo Testamento a palavra “unção” aparece apenas duas vezes: I João 2:20 e I João 2:27, sendo que em ambos os casos ela vem diretamente de Deus!

Já como verbo, devemos descartar a ação de Maria ao ungir os pés de Jesus Cristo, também chamada em Marcos 14:8 de “unção para sepultura”, cuja finalidade é meramente cosmética e aromática.

Da mesma forma se enquadra a recomendação de Mateus 6:17-18, cuja unção recomendada é pura e simplesmente estética. Mateus 6 versa bastante sobre a discrição de um verdadeiro servo ao fazer a obra: assim como devemos dar com a mão direita de forma que a esquerda não saiba (Mateus 6:3), no jejum não devemos aparentar o possível e real cansaço relativo à atividade, mas ungir a cabeça para que não pareça aos homens que se está jejuando (Mateus 6:17-18)! Ambas as recomendações visam extinguir a imagem “heróica” que muitos fazem questão absoluta de ostentar desde aquela época, esperando arrancar observações alheias como “viram o quanto ele doou?”, ou ainda “Ele é um santo! Vive de jejum!”... Deus, que vê em secreto, sabe ao que estou me referindo!

Já em Lucas 4:18, Atos 4:26-27, Atos 10:38, II Coríntios 1:21-22 e Hebreus 1:9, podemos ver que a unção novamente veio diretamente de Deus! Nenhum homem unge nada nessas passagens e muito menos é feita referência a algum tipo de óleo real... ou será que eles fabricavam “óleo de alegria” naquela época e a receita se perdeu com o tempo?

Ora, fica claro que a unção a qual os versos acima estão se referindo é a ação do Espírito Santo! Ação esta que, tal qual no Antigo Testamento, causa resultados diversos (conforme podemos verificar em I Coríntios 12:4-12).

Então vão nos restar apenas duas passagens: Marcos 6:12-13 e Tiago 5:14-15. Vejam bem que em todo o Novo Testamento há apenas duas referências sobre unção com óleo... não seria esta quantidade ínfima para se estabelecer uma doutrina? Transcrevamos os textos para podermos analisá-los:

“E, saindo eles, pregavam que se arrependessem. E expulsavam demônios, e ungiam muitos enfermos com óleo, e os curavam.” (Marcos 6:12-13)

“Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor. E a oração de fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.” (Tiago 5:14-15)

A estes dois textos eu gostaria de acrescentar mais quatro outros:

“Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.” (João 9:6-7)

“E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. E estavam todos unanimemente no alpendre de Salomão. Dos outros, porém, ninguém ousava ajuntar-se a eles; mas o povo tinha-os em grande estima. E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais. De sorte que transportavam os enfermos para as ruas, e os punham em leitos e em camilhas para que ao menos a sombra de Pedro, quando este passasse, cobrisse alguns deles. E até das cidades circunvizinhas concorria muita gente a Jerusalém, conduzindo enfermos e atormentados de espíritos imundos; os quais eram todos curados.” (Atos 5:12-16)

“E Deus pelas mãos de Paulo fazia maravilhas extraordinárias. De sorte que até os lenços e aventais se levavam do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades fugiam deles, e os espíritos malignos saiam.” (Atos 19:11-12)

“Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus.” (I Pedro 4:10)

Ao contrário do batismo e da ceia, o óleo NÃO FOI DEIXADO COMO ORDENANÇA! Logo, não se deve tratá-lo como tal!

No livro de Marcos temos uma seqüência de ações independentes entre si: pregar, expulsar demônios, ungir enfermos com óleo e curar! Isso nos leva em uma primeira análise a descartar a expulsão de demônios com o auxílio do óleo... senão eles teriam necessariamente de pregar com óleo, o que não faria o menor sentido! Logo:

NÃO SE EXPULSA DEMÔNIO COM AUXÍLIO DE ÓLEO

EM LUGAR NENHUM DA BÍBLIA!

Continuando, nos resta o trecho final, onde “ungiam os enfermos” e “os curavam”.

Olhemos agora então para o texto do livro de Tiago, onde se afirma claramente que a oração de fé salvará o doente.

Isso me leva a refletir sobre as aplicações do óleo naquela época: já vimos que tal líquido era amplamente utilizado naquela época com vários objetivos. As passagens sobre a irmã de Lázaro ungindo os pés do Senhor e a unção pós-jejum nos mostram seu uso estético... e, para o que mais se usaria o óleo?

Hoje em dia temos as farmácias de manipulação, capazes de criar os medicamentos conforme minuciosas especificações médicas... e pude aprender uma importante lição ao observar seus produtos... não sei se vou me expressar nos termos corretos, mas todo o produto químico ativo (remédio) precisa de um “meio” para poder ser aplicado. O mundo moderno nos oferece diversas substâncias neutras passíveis de transportar o medicamento: creme, gel, água, gelatina... os princípios ativos são infundidos nesses materiais e vêm a se tornar os xampus, pomadas, etc.

Ora, sabemos claramente que naquela época a tecnologia não era algo tão admirável assim, certo? Ou será que vemos ainda hoje em dia alguém passando óleo na cabeça para ir a um culto ou a uma festa? É claro que não! As pessoas usam produtos perfumados e sem gordura...

Da mesma forma, podemos perceber que a maioria dos medicamentos se aperfeiçoou. Não se faz mais pasta de figos como se fazia em Isaías 38:21... muito menos se toma vinho para problemas estomacais, conforme recomendou Paulo em I Timóteo 5:23! Quem seria louco de passar óleo e vinho em uma ferida, conforme descrito em Isaías 1:6 ou Lucas 10:34? E olha que Lucas era médico...

Com o passar dos anos, o homem aprendeu a extrair as substâncias químicas mais importantes de cada produto para então fazer medicamentos mais eficazes e direcionados ao mal que se está combatendo.

Voltemos agora à partícula restante de Marcos 6:13 e vejamos os termos separadamente, primeiramente a partícula “os curavam”: será que Deus alguma vez já dependeu de algum método específico para curar alguém? Será que o criador dos céus e da terra precisa que sinalizemos com óleo para só então ele agir?

Acho que não... e cito os outros exemplos acima para provar que a graça soberana de Deus age dos meios mais insuspeitos e improváveis! Vejam só: cuspe com terra curando cegueira! Sombra e panos curando e expulsando demônios! Só mesmo a maravilhosa graça de Deus para realizar tais impossíveis!

Notem que os objetos citados por mim nunca foram, digamos assim, “preparados” espiritualmente: não imagino Pedro esticando as mãos para sua sombra e orando para que ela curasse àqueles por sobre quem passasse... muito menos Paulo benzia seus objetos de uso pessoal! Jesus então? Agiu num ato contínuo: abaixou, fez a laminha, passou no olho do cego e pronto... afinal Ele é Deus e faz o que quiser, na hora que quiser e do modo que quiser!!!

Então nos voltamos para os “cultuadores do óleo”, que o vêem como objeto sagrado e capaz de, por si só, operar milagres e expulsar demônios... quantas pessoas já não foram “ungidas” e nunca obtiveram resultado algum? E depois ou a culpa da falha recai sobre a “falta de fé” da pessoa ou então, pior ainda, a pessoa se sente enganada e perde a fé em Deus, por culpa desses supersticiosos cultuadores de amuletos...

Eu creio que as curas, tanto a citada em Marcos 6:13 quanto a de Tiago 5:14, são completamente independentes da unção com óleo... elas são fruto direto da ação divina! O óleo seria meramente a parte medicamentosa a ser cumprida. Mesmo hoje em dia vemos pessoas ingerindo os medicamentos atestadamente corretos para suas doenças e ainda assim não sendo curadas! Eu já vi isso acontecendo... e creio que muitos leitores também!

Logo, podemos concluir disso tudo:

MUITAS VEZES O REMÉDIO CORRETO NÃO CURA

MUITAS VEZES A ORAÇÃO NÃO CURA

... e isso ocorre conforme ocorreu com Paulo em II Coríntios 12:7-10. Ninguém sabe as intenções e motivos de Deus e nenhum homem é apto para julgá-lo! Nem sempre as coisas que nos parecem ruins estão fora da vontade de Deus. Vejamos os exemplos de Jó e aprendamos com Romanos 8:28. Não estou dizendo que é fácil... mas é o que nos diz a verdadeira e única palavra de Deus.

Finalmente podemos afirmar que:

O ÓLEO PODE SER USADO PARA CURAR TANTO QUANTO

CUSPE, LODO, UM PANO OU UMA SOMBRA!... OU NADA DISSO!

DEUS USA O QUE QUISER NA HORA QUE QUISER:

A GRAÇA NÃO PODE E NEM DEVE SER COLOCADA SOB UMA “FÓRMULA MÁGICA”!

Deus não costuma ficar se repetindo: não fez a vara de Moisés virar cobra duas vezes, não abriu o Mar Vermelho duas vezes, não derrubou as muralhas de Jericó duas vezes... Ele pode fazer tudo isso de novo a hora que quiser, mas não faz para que o homem não creia que há um método específico além da fé e do conhecimento da palavra... principalmente quando o assunto é a multiforme graça de Deus. Cabe a nós estarmos sensíveis ao mover do Espírito Santo.

Meu último apelo é para que fiquem atentos as profecias sobre os últimos tempos, descritas em Mateus 24:23-24, II Tessalonicenses 2:9-10, II Coríntios 11:14-15 e Apocalipse 13:3-4, 12-14... elas mostram claramente que não são bem os servos do Senhor que vão ficar fazendo sinais e prodígios no final dos tempos. Cuidado com os grandes milagres modernos!!!

... ou você acha que ainda não estamos vivendo os últimos dias?
LITERATURA CRISTÃ?! TENHA MUITO CUIDADO!
VOLTAR AO TOPO

Minha busca pela santificação começou de uma forma bastante ordinária: eu li os livros da área de “batalha espiritual” no início de 2004. Não posso negar que tais obras me levaram a considerar mais seriamente a existência e a influência de um mundo espiritual ao meu redor... porém Deus aproveitou esse embalo e começou a lapidar minha vida: usando minha ânsia de conhecimento, Ele me trouxe a um estudo muito mais sério da própria Bíblia. Através disso eu tenho aprendido a verdade de Deus, que é muito mais chocante e impressionante que qualquer uma dessas obras cujo objetivo é alarmar o povo que “pensa ser de Deus” para a ação satânica nos dias de hoje. O único problema é que além de dar alguns “super poderes” ao demônio, estes autores (talvez não intencionalmente...) ensinam doutrinas que tenho descoberto ser contrárias ao texto bíblico dentro de seu contexto correto.

Vejamos, por exemplo, o que Rebecca Brown nos recomenda a partir da página 68 de seu livro, “Prepare-se Para a Guerra” (Editora Danprewan), sob o título “Permanecendo Inabalável Contra a Opressão Demoníaca”:

Eis aqui algumas coisas que você pode fazer para permanecer firme em meio à tempestade. Nós, que somos cristãos, devemos nos lembrar que é nossa a responsabilidade de ajudar essas pessoas suportarem suas cargas!

1. Unja sua casa.

O Senhor ensinou-me este princípio logo no início do nosso ministério. Elaine e eu suportamos, por meses, opressão interminável tanto de demônios como de espíritos humanos em projeção astral. De noite, tão logo adormecíamos, éramos arrancadas da cama e atiradas ao chão por espíritos invisíveis. Objetos apareciam e desapareciam de minha casa. Móveis e outros objetos eram arremessados no ar por forças invisíveis, e assim por diante. Exausta, uma noite eu clamei ao Senhor em desespero. "Pai, por favor, o que podemos fazer? Parece que a minha casa está escancarada para qualquer espírito maligno que queira entrar. Tu sabes como estes espíritos estão nos incomodando. Eu não posso suportar mais isto!"

Neste ponto o Espírito Santo encheu a minha mente com a narrativa do cordeiro pascal em Êxodo, capítulo 12. Então ele disse: “Desde a morte de Jesus, não há mais sacrifícios de sangue. Então, o que você diria que é o equivalente do sangue hoje?”

“O óleo?” eu perguntei.

“Está correto”.

Então o Senhor também recordou-me do trecho em Êxodo capítulo 40, onde ele havia instruído Moisés a usar o óleo da unção:

“E tomarás o óleo da unção e ingiras o tabernáculo, e tudo o que nele está, e o consagrarás com todos os seus pertences, e será santo.” Êxodo 40:9

Enquanto eu meditava nestas palavras, o Senhor mostrou-me que eu deveria pegar óleo e ungir a minha casa, e santificá-la a Ele. Assim, eu peguei o óleo que tinha à mão (óleo de cozinha) e coloquei um pouco sobre as molduras de todas as portas, sobre as próprias portas, e em cada janela, na lareira, e em todas as outras aberturas que davam acesso à casa. Tendo feito isso, pedi ao Senhor para fazer meu lar santo a Ele, e para selá-lo com um escudo do seu precioso sangue. Então, deixando as portas abertas, voltei para dentro da casa, fiquei parada de pé no meio, e pedi ao Senhor para limpá-la e pôr para fora todos os espíritos humanos. Então ordenei a todos os espíritos demoníacos, no nome de Jesus Cristo, que deixassem a minha casa para sempre. A mudança foi imediata e dramática. Minha casa foi selada e nenhum espírito humano ou demoníaco podia entrar deste momento em diante. (Nota: pedi ao Senhor para pôr os espíritos humanos para fora de minha casa, pois nós não temos, sobre espíritos humanos, a mesma autoridade que temos sobre os espíritos demoníacos).

Na primeira parte desse estudo creio que pude deixar bem claro que quem santifica as coisas é somente Jesus Cristo através de sua unção, a saber: o espírito Santo que habita em nós... logo essa doutrina apresentada acima somente serve para escravizar as pessoas a um costume da Velha Lei. E saibam que, após ler esse trecho, permaneci crendo nisso até a bem pouco tempo atrás! Não zombem de mim, pois eu desconhecia que estava sob forte influência da opressão rejudaizante moderna!

Agora, ao revisar estas palavras, eu vejo que essa mulher então não devia confiar muito no sacrifício de Cristo na cruz e no poder que herdamos d’Ele ao aceitá-lo como Senhor e Salvador de nossas vidas. Ao ver as atitudes que tomou, percebo que ela desconhece o texto de Hebreus 10:1-23... nada de símbolos, nada de amuletos, só a santificação obtida através do sacrifício definitivo de Jesus Cristo! Quem precisa de símbolos certamente não crê no poder infinito e invisível de Deus!

Não segui em frente na revisão... mas percebi que esta autora se utiliza de muitos “rituais”, paralelos e equivalentes a algumas ações ocultistas. Passei então considerar as lições aprendidas nesse livro dignas de reavaliação total e, por enquanto, tirei os livros dessa autora de minha estante, deixando-os na gaveta onde estão Rick Warren e Ana Méndez...

Outro autor, ao qual (errônea e infelizmente) fiz recente referência positiva, também incentiva o uso do óleo de unção e afirma em seus livros que os satanistas temem sua utilização (somente de feito exatamente conforme Deuteronômio 30:22-25) por ser uma espécie de “isolante” para o poder que flui através de seus “portais”... comecei a achar que essa referência deve ter sido uma espécie de “piada” que os satanistas armaram para que ele acreditasse e divulgasse nos meios evangélicos. Eles devem morrer de rir quando os crentes começassem a passar “óleo de unção” em tudo que é lugar e gente...

Volto a repetir: além da ceia e do batismo, Jesus Cristo não ordenou nada além da fé, do louvor e do estudo da palavra! Nem mesmo mencionou o óleo como objeto de efeito no mundo espiritual! A Bíblia não incentiva a utilização de amuletos em parte alguma, principalmente porque estes serviriam apenas para desviar a fé de seu único objeto direto: Deus!

Aí começo a me lembrar das histórias absurdas que se ouvem no meio evangélico: gente que alugou um helicóptero para ungir sua cidade, outros alugaram avião para ungir o país, outros ainda vão ungir o sambódromo (para que naquele local aja uma transformação e se torne um local de adoração ao Senhor)... e quem faz isso não é qualquer “irmãozinho” não: são bispos, “apóstolos” e “apóstolas”!!!

Meu Deus! Se a própria Bíblia está dizendo que em hipótese alguma deixará de se cumprir, como podem essas pessoas famosas agir em total discordância com a palavra de Deus? Como podem haver tantos líderes levando um rebanho tão imenso para um caminho afastado da verdade perfeita de Deus, fazendo com que creiam em meras fábulas profanas?

Amados, não apresento este estudo como objeto de destruição... espero que sirva somente para edificação daqueles que buscam a verdade através da única e perfeita palavra de Deus. Não viso auferir lucros através destes textos, porém o Senhor tem me incomodado para que eu inicie a preparação de palestras. Não sei que igreja seria capaz de convidar um homem e sua equipe se souber que vão ser derrubados, diante de estudos 100% bíblicos, tradições como o dízimo ou modernidades como “os propósitos”? Admito que já cheguei a imaginar meu ministério acontecendo nas praças... e, se está for a vontade confirmada de Deus para minha vida, não posso fazer nada além de cumprir!

Como sempre, me coloco à disposição de críticas, refutações (com base bíblica!) e comentários. Por favor, sua observação pode ajudar em minha edificação pessoal! Sou um simples homem e, ao contrário do Papa e de muitos pastores, admito ser passível de erros: nunca vou e nem posso me envergonhar de ser corrigido pela palavra de Deus!

Orem por mim e por meu pleno restabelecimento, pois ainda não estou completamente cicatrizado.

“Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos venho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebeste, seja anátema.” (Gálatas 1:6-9)

Que Deus nos abençoe a todos.


Teóphilo Noturno

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

terça-feira, 16 de agosto de 2011

O TERMÔMETRO DO FIM - Teóphilo Noturno

INTRODUÇÃO

Muito se tem conversado nos fóruns e nos grupos evangélicos sobre os sinais do fim, mas novamente eu vejo que há algumas pessoas que se assustam ou se ressentem ao ver que muitos cristãos estão atentos e comentando muitos dos possíveis sinais que indicariam a proximidade do retorno de Jesus Cristo. Vejamos parte de uma dessas mensagens:

“Por que aqui no grupo discutimos tanto sobre o fim do mundo, discutimos tanto sobre os anticristos deste tempo, JULGAMOS tanto os outros, e não falamos do principal, que é a santificação, a comunhão, ganhar alguma coisa realmente válida para chegar ao reino de Deus?A partir de hoje, qualquer notícia que fale sobre o fim do mundo, eu vou deixar de ler. Não me interesso mais por ficar especulando esse tipo de coisa.”

Realmente é uma questão válida, que merece atenção e cuidadosa resposta detalhada.

Sei que há muitos pastores e teólogos que poderão enriquecer o estudo abaixo, assim como alguns poderão refutá-lo. Como sempre digo: aceito críticas e sugestões desde que amparadas em citações bíblicas pertinentes.

Na verdade, antecipei um pouco a publicação deste estudo também por haver recebido um e-mail vindo de um casal que mora na Região Sul do Brasil, questionando justamente sobre tribulação e arrebatamento.
BASE BÍBLICA
VOLTAR AO TOPO
MATEUS 24; I TESSALONICENSES 4, 5; II TIMÓTEO 3

Cito os textos acima como base para o estudo que inicio agora e admito desconhecer a extensão total de tudo o que há para ser escrito, pois minha intenção e analisar cada um dos pontos relevantes nestas passagens e “traduzir” o que está escrito para os dias de hoje, pois estes são textos que se “interligam” por seus conteúdos explicativos e suas menções aos últimos dias.

Há, sim, outras profecias sobre os últimos dias e todas elas obrigatoriamente vão se cumprir sem a menor sombra de dúvidas, porém estas serão assunto para um futuro “quadro de marcações” que pretendo por no ar... logo a idéia poderá ser melhor compreendida.

Comecemos analisando o texto de Mateus 24:1-31, onde Jesus Cristo apresenta vários dos sinais que caracterizarão o chamado “princípio das dores”:
Versos 4 e 5

Os tantos “apóstolos”, “generais do exército”, profetas (de meia-tigela) e toda a sorte de enganadores que já surgiram, têm surgido e ainda surgirão são mencionados aqui. Estas referências, que já haviam sido mencionadas em Mateus 7:21-23, encontram suporte tanto nos versos 23 e 24 quanto em II Coríntios 11:3-4, 13-15; Colossenses 2:8; I Timóteo 4:1-3; II Timóteo 3:8-9, 13; culminando nos textos de Apocalipse 21:8 e Apocalipse 22:15, quando são mencionados os mentirosos. Há outros alertas por toda a Bíblia, porém creio que estes são suficientes por enquanto. Há algum mistério aqui?

Há segredo de que essa operação de engano já se iniciou? A pergunta que devemos aplicar ao verdadeiro cristão dos dias de hoje não é mais sobre sua posição denominacional, pois a infiltração dos falsos evangelhos é ampla, geral, irrestrita e profunda. A questão que me incomoda atualmente é “onde eu posso encontrar uma igreja que siga a doutrina bíblica?” ou “qual a igreja que ainda não se contaminou?”... e nesse “céu” brilham pouquíssimas estrelas.
Versos 6 e 7

Guerras, fomes, pestes, terremotos: (indo até II Timóteo 3:1) estes são considerados “tempos trabalhosos”... e qual a situação do mundo atual? Veja se cada um dos quesitos citados não está aparecendo a cada dia com mais freqüência até mesmo nos jornais da imprensa marrom? Mesmo nos canais que são claramente influenciados contra os cristãos não há como esconder que a derrocada da humanidade neste planeta já se iniciou... e não estou falando em ecologia!

A violência é apresentada da mesma forma que a cotação da bolsa de valores: é tão atroz que já se tornou “normal”. Os clamores pela paz se repetem cada vez com mais freqüência e, que “paz” seria essa? Fiquem atentos, pois a paz que estas multidões buscam é a paz da tolerância: tolerância ao homossexualismo, tolerância entre as religiões e culturas, tolerância à manipulação do ser humano como objeto (tanto sexual como “fonte para reposição de peças”).

A juventude se engana freqüentando sucessivas festas num turbilhão de bebidas, drogas, sexo... alegria sem motivo. O que está sendo comemorado afinal? Só se for a vitória de Satanás naquelas vidas... Até mesmo os jovens cristãos têm suas “nights”!!!

Qual, afinal, o objetivo de se trazer o mundo para dentro da igreja? E pior: qual o objetivo de se levar uma igreja para uma boate?!?

O centro de meu estudo não é este e, portanto, já posso dizer sem medo de erro qual é o resultado de tanta “amizade” da igreja com o mundo, qual será o produto dessa embriaguez causada pela “bebida com mistura”: o aumento direto do joio que está entre o trigo. Uma multidão de “cristãos” que nunca vai compreender os requisitos da santidade bíblica e, finalmente... a paz mundial!

Sim! A paz, mas não aquela que Jesus cita em João 14:27... esta será a paz deste mundo corrupto e corrompido: a paz criada a força com o recolhimento de todas as armas (ninguém pensa em quem irá controlar as armas “legais”? Será que não enxergam um plano de submissão às autoridades entranhado nisso?); a paz do ecumenismo (todos vão poder servir a quantos “senhores” quiserem... para que se preocupar com o texto de I Coríntios 10:21?); a paz do sexo livre, da plena realização dos desejos da carne (uma nova Babilônia? Sodoma? Gomorra?).
"DISSECANDO" II TIMÓTEO 3:2-7
VOLTAR AO TOPO

Eu sei que nesse “mundo de paz” se encaixam os homens (e mulheres) como os descritos pelo apóstolo Paulo em II Timóteo 3:2-7. Que texto é este que descreve tão minuciosamente a situação da humanidade com tanta precisão e atualidade?!

Veja que para cada fato citado há centenas de notícias que podemos associar, abaixo listarei as condições e, se possível farei algum comentário explicativo:
AMANTES DE SI MESMOS (ACF) / EGOÍSTAS (NTLH):

Na versão Almeida Corrigida e Fiel (ACF), o termo “amantes de si mesmos” dá um amplo entendimento e, através disso, inclui todas as possíveis formas de “culto ao ego” desenvolvidas pelo homem: os metrossexuais, vaidade (piercings, tatuagens, cirurgias estéticas...), culto ao corpo. Já a versão traduzida na linguagem de hoje (NTLH) banaliza o termo, restringindo-o a mero egoísmo.
AVARENTOS (ACF / NTLH):

Aqui há concordância entre versões e o termo mostra a humanidade sendo avarenta não só financeiramente, mas espiritualmente, pois também não se dedica à obra de Deus e ao estudo da palavra.
PRESUNÇOSOS (ACF) / ORGULHOSOS (NTLH):

A medida do mundo é o homem e ele tem a presunção de que o universo gira ao seu redor, inclusive o próprio Deus! Aliás, o ser humano tem sido treinado para crer que é o próprio Deus! Veja se as pessoas ainda respeitam enquanto se está manobrando um automóvel? Vejam se quem está numa bicicleta está atento ao trânsito... nos dias de hoje parece que as pessoas perderam a noção da fragilidade do corpo humano ou então muitos podem até estar pensando em possíveis lucros que podem auferir através de um processo judicial, esquecendo que o objeto em risco naquele momento é sua própria vida! Um grande exemplo dessa presunção é encontrado naqueles que se acham maiores que as forças do próprio mar... e morrem afogados! O cúmulo da presunção é desafiar o próprio Deus.
SOBERBOS (ACF) / VAIDOSOS (NTLH):

É um dos sinônimos para presunção, porém tem o significado mais ligado a confiança que os homens terão em si mesmos e em sua tecnologia e em seus armamentos... serão soberbos por confiarem em suas criações e as exaltarem como a solução para todos os males.
BLASFEMOS (ACF) / XINGADORES (NTLH):

Ultrajar ao próprio Deus hoje em dia é moda... chamá-lo de nomes impróprios, culpá-lo por seus próprios pecados, duvidar de sua soberania... e acreditar na grande mentira de Nietzsche: “Deus está morto”. Já o termo da NTLH, apesar de fazer referência aos lábios impuros, já não implica diretamente na menção do nome de Deus. Ser um “xingador” é diferente de ser um “blasfemo”: as duas ações são condenadas nas escrituras, mas amaldiçoar ao próprio Deus é gravíssimo!
DESOBEDIENTES A PAIS E MÃES (ACF / NTLH):

Se não crêem no próprio Deus, porque o obedeceriam? Se não se impõe a autoridade, a quem se respeitará? Os pais, através das gerações, cada vez têm assumido menos a responsabilidade pela educação de seus filhos: basta que estejam matriculados na escola, num curso qualquer, num esporte... como uma geração vai conhecer os “antigos limites” se não foi instruída sobre eles?

Como haverá obediência se são bombardeados pela mídia com mensagens sobre a beleza da rebeldia? Os heróis dos desenhos e filmes modernos tem a “atitude” a ser copiada: superioridade, desprezo pelo próximo, conhecimento científico e de métodos — notem que não há estudo, o conhecimento é implantado (como em “Matrix”), portátil (como em muitos desenhos onde sempre há um “computador sabe tudo”) ou vêm até mesmo através da clara possessão espiritual (um monte de desenhos japoneses com cartas, peões, samurais...).

Notem que esse conhecimento NUNCA vem de (nem é relativo a) Deus — a quem irá obedecer esta geração de “filhos da mídia eletrônica”? Hoje em dia já é normal a notícia de filhos que matam pais ou vice-versa... isso era comum a algum tempo atrás?
INGRATOS (ACF / NTLH):

O senso de que qualquer um “não está fazendo mais do que a obrigação”. A mentalidade do “já que paguei eu tenho direito”... a incapacidade de reconhecer a bondade daqueles que o cercam e, ao mesmo tempo, de retribuir. O cúmulo da ingratidão é quando sequer agradecem a Deus pela vida, pela saúde e por tudo que possam ter... sempre querem mais (independente do mérito) e, quando obtêm, aquilo não é nada mais do que a obrigação de Deus... caso contrário, Deus ou quem não realizou suas vontades corre o risco de ser taxado de incompetente ou tirano! Essa é nossa linda juventude...
PROFANOS (ACF) / SEM RESPEITO PELA RELIGIÃO (NTLH):

A coisa “mais linda” para as meninas de hoje é dizer que é “Wicca”... afinal, está na moda!! Mesmo sem saberem que uma bruxa é uma mulher que serve diretamente a Satanás, elas buscam naquele mistério a solução de seus problemas. É ridículo ver extensas reportagens no canal redondo sobre a bondade que elas têm e as “forças da natureza” em que acreditam... e desde quando as criaturas tem mais poder que o Criador?

E não é só isso, pois temos todo um avivamento e popularização do esoterismo através de cristais, incensos, rituais... até mesmo dentro das igrejas que se denominam como cristãs podemos encontrar idolatria, amuletos, mediunidade e até métodos de meditação oriental! Tudo isso só tem um nome: heresia! Já o termo da NTLH suscita dúvidas, pois a palavra “religião” não significa diretamente em seguir a Jesus Cristo filho de Deus, mas permite, por exemplo, citar até o satanismo.
SEM AFETO NATURAL (ACF) / SEM AMOR PELOS OUTROS (NTLH):

Por acaso escrevo este texto no final de semana do chamado “Dia das Mães”, supostamente uma data afetiva, mas que está sendo (se já não foi) completamente substituída por um momento puramente comercial e figurativo. Demonstrações de afeto são gradualmente substituídas por outras coisas como a sensualidade explícita ou a satisfação dos próprios interesses.

O medo da violência e o temor de um possível assalto afastaram as pessoas de um relacionamento mais afetuoso e espontâneo. Vivemos dias de comércio, violência, distância interpessoal, superficialidade emocional, interesse material e sensualidade.
IRRECONCILIÁVEIS (ACF) / DUROS (NTLH):

Aqui vou ter de citar a minha segunda fonte de pesquisa favorita, que é o “Aurélio”. As definições apresentadas para o termo “reconciliar” são tão “redondas” que parecem ter sido escritas para entrar neste estudo. Vejam:

1.Estabelecer a paz entre;

2.Tornar amigos (pessoas que se malquistaram);

3.Restituir à graça de Deus;

4.Por de acordo, conciliar (coisas que parecem opostas);

5.Congraçar, harmonizar;

6.Fazer as pazes, congraçar-se.

Os irreconciliáveis são pessoas incapazes de realizar uma, algumas ou todas dentre as definições dadas... atenção especial na de número três! Já o termo “duro” tem 16 definições e nenhuma delas é tão clara quanto a do termo anterior... algumas podem ser consideradas até elogiosas! Novamente a NTLH deixa espaço para interpretações dúbias.
CALUNIADORES (ACF / NTLH):

Conforme João 8:44: “Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.”

A banalização da mentira infesta pessoas que, em outras épocas, deveriam ter comportamento ilibado: juízes, presidentes, pastores... A Bíblia tem duas importantes recomendações:

Acima de tudo, porém, meus irmãos, não jureis nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro voto; antes, seja o vosso sim sim, e o vosso não não, para não cairdes em juízo. (Tiago 5:12)

Assim diz o Senhor: maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do Senhor! (Jeremias 17:5)
INCONTINENTES (ACF) / INCAPAZES DE SE CONTROLAR (NTLH):

Também é “figurinha fácil” em nossos dias! Há um longo treinamento ocorrendo a décadas para que os apelos psicológicos subliminares (ou nem tanto) tenham um efeito devastador: cerveja, cigarro, consumismo injustificável... a sociedade incentiva os abusos sob a desculpa de “alívio” e “diversão”, mas a realidade é que a carne sempre foi fraca e atualmente mais ainda! Se formos falar em sexo então... corpos nus disponíveis a qualquer horário através de qualquer canal aberto e da internet, a busca irrefreável pelo prazer: não me refiro apenas ao solitário, mas também a destruição de casamentos pela noção de que uma “escapadinha” é algo normal!

O homem se rendeu a seus instintos mais baixos... e poucos tentam mudar isso em suas vidas.
CRUÉIS (ACF) / VIOLENTOS (NTLH):

Aqui ocorre algo curioso, pois as duas palavras não são sinônimas.

CRUEL = 1. Que se compraz em fazer mal, em atormentar ou prejudicar; cruento; 2. Duro, insensível, desumano, cruento; 3. Severo, rigoroso, tirano; 4. Que denota crueldade; 5. Pungente, doloroso; 6. cruento.

VIOLENTO = 1. Que age com ímpeto; impetuoso; 2. Que se exerce com força; 3. Agitado, tumultuoso; 4. Irascível, irritadiço; 5. Intenso, veemente; 6. Em que se faz uso de força bruta; 7. Contrário ao direito e à justiça.

O que há de curioso nisso? Simples: mesmo sem serem sinônimos os dois adjetivos se ajustam perfeitamente a atual condição humana!
SEM AMOR PARA COM OS BONS (ACF) / INIMIGOS DO BEM (NTLH):

Diante das tantas “qualidades” já relacionadas, se torna simples constatação relatar que aqueles que andarem por caminhos diferentes desta maioria: serão objetos de ódio. Ai daquele que tentar exortar ou repreender de acordo com a são doutrina... ai daquele que tentar se portar com justiça e dignidade! Já de hoje vemos pais e professores sendo mortos...
TRAIDORES (ACF / NTLH):

Esse adjetivo é também um “mix” de alguns dos anteriores, pois para trair há que existir um traído. Logo, uma traição pode envolver mentira, incontinência, crueldade, ingratidão, egoísmo... individualmente ou em grupo.
OBSTINADOS (ACF) / ATREVIDOS (NTLH):

Novamente as duas versões citam termos que não são sinônimos, mas que apresentam características indeléveis do perfil da sociedade atual.

OBSTINADO = 1. Pertinaz, firme, relutante; 2. Teimoso, birrento; 3. Inflexível, irredutível.

ATREVIDO = 1. Que se atreve; ousado, afoito, corajoso, audaz; 2. Insolente, grosseiro, petulante; 3. Indivíduo atrevido.
ORGULHOSOS (ACF / NTLH):

Adjetivo aplicado à soberba, à vaidade, à presunção...neste caso a NTLH se repete, pois cita “cheios de orgulho”, porém já havia citado “orgulhosos” anteriormente!
MAIS AMIGOS DOS DELEITES DO QUE AMIGOS DE DEUS (ACF / NTLH):

Depois de tanto egoísmo, vaidade, ódio pelos bons, traição, falta de afeto, desobediência... você ainda crê que alguém desta geração poderá (por vontade própria) abandonar sua vida carnal de deleitas para se colocar a disposição de Deus?!? Como alguém que só acredita na matéria poderá viver uma experiência espiritual? Como alguém que vive no profano irá buscar o sagrado?

Somente pela ação do Espírito Santo!

Mas não esqueça que justamente por esses mesmos dias estarão ocorrendo os fatos descritos em II Tessalonicenses 2:3-12. É mister o cumprimento da cada uma das profecias bíblicas! Quem detém o iníquo? O Espírito Santo... logo, por estes dias, ele não será tão acessível como nos dias de hoje. E isso realmente me intriga: frente ao engano que opera nas igrejas, será que já não estamos experimentando o início dessa “retirada”?
TENDO APARÊNCIA DE PIEDADE, NEGANDO-LHE, ENTRETANTO, O PODER (ACF) / PARECERÃO SER SEGUIDORES DA NOSSA RELIGIÃO, MAS COM AS SUAS AÇÕES NEGARÃO O VERDADEIRO PODER DELA (NTLH):

Essa é a única vez em que a definição da NTLH conseguiu superar os termos utilizados na ACF, pois é justamente isso o que está ocorrendo em nossas igrejas! Fala-se tanto em encher os templos, mas nunca estivemos tão distantes da verdade bíblica. Propósitos, Batalhas de Alto Nível, G12... os asseclas de Peter Wagner já assumiram suas posições no pódio doutrinário e têm defensores ferrenhos: se um novo crente não conhecer a verdade, que poder ele terá? O dos amuletos?

Terá somente as bênçãos “compradas” por ofertas exigidas ou as de uma pessoa morta que intercederá por elas no céu? Suas experiências serão somente a dos “encontros tremendos”? Precisará confessar seus pecados a um “irmão cheio do Espírito Santo” ou terá de fazer regressão para poder ser perdoado e limpo? Necessitará de yoga para falar com Deus? Culpará a Deus por ser tentado e por seus pecados?

Este será um tempo trabalhoso e insano para os bons, porém essa será a paz para os ímpios!

E aí, neste tempo incomum, se cumprirá o fantástico texto de I Tessalonicenses 5:3, que é uma das profecias que mais me impressiona a cada dia:

“Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.”

Notem que se repete aqui uma referência às dores, neste caso específico, às dores do parto. Continuemos nosso estudo observando o significado do...
Verso 8

“Mas todas essas coisas são o princípio das dores.”

Aqui eu vejo que muitos cristãos deixam de fazer uma análise minuciosa do texto e criam uma diferenciação entre as “dores” e a “tribulação”. A meu ver, não há como diferenciar claramente um termo do outro, pois o sofrimento irá crescer gradualmente... tal qual as dores de um parto!

Mesmo ao observar atentamente o texto de I Tessalonicenses 4:13-18, não há qualquer referência a um arrebatamento antes desse chamado “princípio das dores”, muito pelo contrário: no verso 15 há uma clara chamada aos “que ficarem vivos”... e quem seriam estes? Conheçamos então...
MAIS UMA FÓRMULA MATEMÁTICA?
VOLTAR AO TOPO

Voltemos ao texto de Mateus 24, onde Jesus Cristo ensina uma verdadeira fórmula matemática para que obtenhamos um “termômetro do verão” (a proximidade da volta), No verso 32 ele diz:

“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.”

Note agora um raciocínio matemático simples baseado neste verso:

(Quando já os seus ramos se tornam tenros) e (brotam folhas) sabeis que está próximo o verão.

(Quando...) + (brotam...) = próximo o verão.

(condição 1) + (condição 2) = alerta

Até aí tudo bem? Vejamos agora o verso 33:

“Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”

Que “coisas” seriam essas? Não tenho dúvida que Cristo se referia ao cumprimento das profecias bíblicas relativas ao final dos tempos. Logo:

(cumprimento da profecia 1) +

(cumprimento da profecia 2) +

(cumprimento da profecia 3) + ... + (cumprimento da profecia n) = ele está próximo, às portas.

Note então que ele usa um termo referente a todas e a cada uma das profecias bíblicas referentes ao fim dos tempos e, ISTO É IMPORTANTE, TODAS ACONTECENDO AO MESMO TEMPO!!! Não adianta ter um terremoto aqui, uma guerra ali, um falso profeta acolá... um Hitler em 1945... se estiverem dispersos, certamente não fazem parte da “equação”.

Agora vejamos com muita atenção o verso 34:

“Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.”

E que geração seria esta? Com certeza não eram aqueles ouvintes... mas as pessoas que testemunharão o cumprimento simultâneo das profecias.

Logo, algumas destas “coisas” irão ocorrer antes da vinda do Senhor e, certamente, algumas serão bastante desagradáveis, não?

Quando Paulo fala “acerca dos que dormem” (em I Tessalonicenses 4) e sobre a vinda do Senhor (em I Tessalonicenses 5) parece haver algumas “dicas”:

“Dizemo-vos, pois isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.” (I Tessalonicenses 4:15)

E novamente ele repete o termo sublinhado no verso 17.

Veja que no capítulo 5 ele permanece tratando sobre os eventos relativos a vinda do Senhor e acerca do comportamento a ser seguido no tempo presente. Logo eu questiono: estava ele recomendando apenas aos crentes de Tessalônica ou ele já sabia que tal mensagem seria entregue à “geração” que veria o cumprimento das profecias?

Creio que o arrebatamento ocorrerá então após alguns desses sinais desagradáveis e que alguns cristãos poderão até ter “adormecido” em decorrência de tais eventos cataclísmicos e é por isso que eu vejo as recomendações de Paulo como algo ainda mais carinhoso... uma palavra de conforto aos que verão seus entes queridos (não gosto desse termo... entes) morrerem.

Reforço minha opinião observando que o próprio Jesus Cristo só menciona a vinda do Filho do Homem no verso 27 de Mateus 24, ou seja, após a citação de diversas “más notícias” e muitos avisos de precaução. Se os destinatários desta mensagem já fossem “estar fora” antecipadamente, qual seria então o seu objetivo? Mesmo que algumas das referências possam estar supostamente destinadas apenas aos judeus (versos 9 e 10 = 2ª Guerra Mundial?), ainda há motivos suficientemente bons para que estejamos atentos e vigiando, pois é isto que o Mestre recomenda!!

Logo, após todo esse raciocínio, eu creio que o arrebatamento ocorrerá após o início da tribulação (que também é chamada de “dores”), mas não após toda a tribulação... será que me fiz entender?

Concluo ressaltando que esta é apenas minha opinião ao fazer a análise e comparação de cada um dos textos bíblicos a que me referi. Posso estar errado? É claro! Mas peço então que, em caso de refutação ou adições ao assunto, mandem mensagens contendo as referências bíblicas pertinentes, pois garanto que serão lidas e consideradas atenciosamente.

No mais, espero que este estudo sirva para fundamentar e exortar... nunca para julgar pessoas, mas sim agir corretamente e dentro do prescrito na sã doutrina.

Que Deus nos abençoe. (09/05/2005)
"MEZZO" TRIBULACIONISTA???

Após este estudo tive a oportunidade de responder (em 16/05/2005) uma mensagem do grupo "A Espada do Espírito", onde pude estender um pouco mais o assunto deste texto, baseando-me na passagem de II Tessalonicenses 2.

1 - O que é detido pelo Espírito Santo?

O espírito do Anticristo, ou seja o próprio, porém suas manifestações prévias (... digamos que são algo como "sinais de alerta") podem ocorrer e já estão ocorrendo!

2 - Este raciocínio pode ser algo que fará muitos de vocês me tomarem por louco, mas ainda assim apresento para discussão:

Quando esvaziamos um tanque com água ou até mesmo desligamos uma lâmpada, parece que há uma saída "gradual"... mesmo a luz parece que vai "se recolhendo".

Após ficar algum tempo matutando sobre o texto da retirada do Espírito Santo em relação a todos os eventos que têm ocorrido nos nossos dias, comecei a pensar que há um paralelo entre estas idéias, pois considero o Espírito Santo também como uma espécie de "campo de força" sobre os cristãos e a igreja de Cristo (vejam: Ele é muito mais que isso!!) Como, de algum tempo para cá, foi "apertada a tomada" de desligamento, as coisas começaram a piorar como nunca se havia visto antes... o campo de força está "diminuindo" e creio que até o falso profeta nós correremos o risco de ver...

3 - Mas, espere: o tanque cheio tem um ralo e a lâmpada acesa, um filamento... e o Espírito Santo habita em quem??? Nos cristãos!!!

Logo a pessoa do anticristo só se manifestará livremente após o arrebatamento, que significa o tanque completamente vazio e a lâmpada completamente apagada - vazio e escuridão!

Vejo que, por enquanto, as "lâmpadas" têm funcionado com cada vez mais dificuldades... tal qual quando a voltagem está baixa. A culpa não é das lâmpadas, porém a "fonte" deve fazer isso (baixar a tensão), pois é o cumprimento das profecias.

E não venham me dizer que as igrejas têm funcionado corretamente, pois posso afirmar (por experiências próprias) que já há igrejas tradicionalíssimas envolvidas com heresias graves.

Meu coração se entristeceu com a postura mundana de alguns pastores. E é algo interdenominacional: batistas, congregacionais, comunidades, ministérios... todos juntos na função de enganar o povo de Deus! E ainda tem um grupo desses que quer "tomar" a cidade do Rio de Janeiro em 10 anos!!! Tomar para quem???

É isso... tristeza profunda em relação ao caminho irreversível que o mundo segue, mas alegria e esperança de ver meu Senhor e Salvador Jesus Cristo retornado para nos buscar. Isso está cada vez mais próximo!

Lembrem-se de que Deus nunca vai contrariar a Bíblia, pois esta é sua palavra!

Agora uma questão: Só os santos verão a Deus?

Pergunto isso pois vejo uma diferença grande entre "ser salvo" e "ser santo" - salvo é aquele que crê e aceita Jesus como seu Salvador e santo é aquele que se separa das coisas do mundo. Quantos salvos não têm sido santos ultimamente!?! Quantas igrejas têm buscado a aproximação com o mundo?

"Ser salvo" é igual ou diferente a "ser santo"?

Caso seja diferente (e eu creio que é...), acho que muitos salvos correm o risco de ficar por aqui no arrebatamento...


Teóphilo Noturno

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Valdemiro Santiago E Seu Lixo Teológico

Por: Teóphilo Noturno

Não consigo mais ficar calado a respeito desse assunto e preciso abordá-lo de uma forma mais direta… não que tenha alguma esperança de resolver a situação ou criar um súbito movimento que cale a boca desse descendente direto do Mago Simão (vide Atos 8:9-24) ou remova suas obscenidades da TV: o deus ao qual ele serve se chama Mamom e já o proveu das condiçõe$ necessárias para que seu ministério (de engano) perdure até o final dos tempos.

Seu nome é Valdemiro Santiago, cria da não menos sórdida IURD e que, conforme vou provar, quer anular a graça obtida através do sacrifício do Senhor Jesus Cristo e manter uma multidão de almas sob os aspectos e necessidades da lei veterotestamentária... sinceramente não sei como a Nani conseguiu passar uma tarde inteira em uma igreja desta seita!

A poucos dias fiz uma postagem acerca da cruz que apliquei como logotipo de meus trabalhos na internet, seu significado e objetivo. Mas mesmo com tantos esclarecimentos, tem gente que prefere acreditar em fábulas profanas e desmerecer o sacrifício redentor feito pelo Senhor Jesus Cristo. O vídeo abaixo apresenta isso:




Vou transcrever a primeira parte do vídeo para permitir àqueles que apenas podem ler também tomar conhecimento do que está sendo afirmado com veemência por este homem:

Cruz quer dizer “sacrifício”. Cruz quer dizer “dor”… sofrimento! É isso que quer dizer a cruz. Não foi Jesus que inventou a cruz… e nem foi por causa dele: muito antes de Jesus já existia a cruz. A cruz era para penalizar o assassino, o seqüestrador, o que cometia crime hediondo. A cruz era uma espécie de guilhotina, de injeção letal lá… cadeira elétrica, que usa hoje em alguns estados da América lá, nos Estados Unidos!

Então… em outros países, na China… é… a cruz… tanto é que não foi só Jesus colocado na cruz: Jesus, o santo, foi colocado, o Rei; mas também colocaram dois ladrões… dois marginais porque eles queriam insinuar com aquilo ali que Jesus era um criminoso.

Então esse negócio de dar cruz em igreja, isso é palhaçada! Você me perdoe se eu falar isso aí… “a cruz vai te proteger”… a cruz É MALDIÇÃO! Maldito é todo aquele que for pendurado na cruz, está escrito.

É… tem nada a ver dar cruz… cruz… A CRUZ NÃO É O SÍMBOLO DA VITÓRIA NÃO!!! O símbolo da vitória tá em 1ª João capítulo… 1ª epístola de João capítulo… 5. Tá lá! Esta é a vitória que vence o mundo, a nossa (???)… FÉ!

(Gritando) A FÉ É SÍMBOLO DE VITÓRIA!! TEM FÉ, TEM VITÓRIA; NÃO TEM FÉ, NÃO TEM VITÓRIA. Não adianta ter cruz… se não tem fé!

Os problemas se entranham no meio desse falatório que pode levar os incautos ao sutil engano que ocorre em torno da palavra “fé”.

Creio que, em primeiro lugar, devemos analisar as referências bíblicas feitas por este homem. Primeiro sobre todo aquele que é pregado na cruz:
“E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé. Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá. Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro; Para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo, e para que pela fé nós recebamos a promessa do Espírito.” (Gálatas 3:11-14)

Essa passagem sobre fé n’Aquele que nos resgatou se tornando maldito em nosso lugar tem complementação em uma passagem ainda no mesmo livro:

“Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça. Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor. Corríeis bem; quem vos impediu, para que não obedeçais à verdade? Esta persuasão não vem daquele que vos chamou. Um pouco de fermento leveda toda a massa. Confio de vós, no Senhor, que nenhuma outra coisa sentireis; mas aquele que vos inquieta, seja ele quem for, sofrerá a condenação. Eu, porém, irmãos, se prego ainda a circuncisão, por que sou, pois, perseguido? Logo o escândalo da cruz está aniquilado.” (Gálatas 5:4-11)

Viram isso? O escândalo… a maldição da cruz foi aniquilada da mesma forma que o peso da lei: através do sacrifício único do Senhor Jesus Cristo na cruz! Por conseguinte, o SÍMBOLO da cruz (e NUNCA A IDOLATRIA DA FORMA OU OBJETO) deve nos relembrar exatamente onde nossa fé deve ser depositada, a saber:

“Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã. Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.” (1 Coríntios 1:17-18)

“Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo. Porque nem ainda esses mesmos que se circuncidam guardam a lei, mas querem que vos circuncideis, para se gloriarem na vossa carne. Mas longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo.” (Gálatas 6:12-14)

“Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas.” (Filipenses 3:17-19)

“E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.” (Colossenses 2:13-15)

Ora, alguns dirão: mas a cruz não vai contra a fé?!

Com certeza! Todas e cada uma das passagens acima confirmam que a cruz é símbolo memorial de onde nossa fé deve estar depositada: n’Aquele que rasgou o véu do templo, acabando definitivamente com a necessidade de TODO E QUALQUER SACRIFÌCIO relacionado à lei, assim como anulou toda a simbologia necessária àqueles que não possuíam o Espírito Santo habitando em si (vide João 7:39). A cruz acaba com a necessidade de menorá, tabernáculo, shofar…

Porém, quando Valdemiro se refere à “fé”, não está de forma alguma incentivando seus seguidores (sim seguidores DELE e nunca da Palavra!) a abandonar os rituais e misticismos que acaba de criticar e que eram relativos à sua ex-empresa eclesiástica, a satânica IURD. Ele na verdade, está apenas aplicando um golpe comercial na tentativa de desmoralizar a concorrência e, com isso, angariar mais fiéis para suas próprias deturpações.

No final das contas ele deturpa a Palavra da Verdade: apesar de atacar o misticismo idólatra em torno dos pedaços de cruz vendidos na IURD, deixa o termo "cruz" completamente mal-solucionado em sua "pregação" ao querer simplificá-lo demais. Não apenas perde uma excelente oportunidade de esclarecer uma multidão a respeito da idolatria, mas também vem falar sobre um tipo de "vitória" ao qual o Senhor Deus não atrelou biblicamente nenhuma fidelidade e, pior ainda, atrela tanto essa fé quanto a vitória que será obtida através dela a coisas tão absurdas que apenas apresentando o vídeo abaixo conseguirei me fazer compreendido:



O vídeo acima prova que ele escarnece da libertação provida pelo sacrifício do Senhor Jesus Cristo e, em uma interpretação livre, apregoa: "Não! Não creiam nos pedaços da cruz da IURD que eles são maldição! Creia na água que eu benzo, que essa sim vai te dar vitória!!!"

Vocês conseguem notar como um servo de satanás, por menos instrução que tenha, consegue ser convincente? Percebem como ele e seus lacaios se utilizam de parte da verdade para justificar as próprias mentiras que divulgam? Sugiro que leiam o texto "Óleo de Unção" para uma melhor compreensão do que estes verdadeiros marginais evangélicos estão fazendo.

De um jeito ou de outro desviam a fé que deveria ser depositada apenas em Jesus Cristo para uma água que não tem nada além da suposta unção feita por ele próprio, como se nele houvesse algum valor ou santidade! Na verdade a Bíblia define muito bem quem é Valdemiro Santiago:

“Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão ao rebanho; E que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si.” (Atos 20:29-30)

“Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.” (2 Coríntios 11:13-15)

Quando comecei a analisar os métodos utilizados pelos servos do anticristo, descobri logo que a palavra “fé” soa piedosa, cristã… mas se formos refletir sobre ela iremos concluir que os macumbeiros, os satanistas, os espíritas, os testemunhas de jeová… TODOS TÊM GRANDE FÉ! O problema é que tamanha fé está sendo direcionada para os objetivos mais diversos e, não sendo no Deus Único, errados.

É esse o raciocínio que destrói filosofias bonitas como a que foi apresentada pelo badalado “The Secret”, que ensinava a depositar fé em nossos próprios desejos e objetivos terrenos e, através disso, obter a “vitória”. Aliás, depois dessa análise, podemos constatar que é praticamente isso que Valdemiro está prometendo diariamente pela TV.

Imagino que os leitores dessa análise tenham pleno conhecimento do seriíssimo estudo publicado aqui mesmo, neste site, sobre o dízimo. O conhecimento sobre este tema é de fundamental importância para que possam compreender melhor o motivo pelo qual escolhi exibir o vídeo abaixo:



Não bastasse a corrupção governamental, temos agora a corrupção eclesiástica! Um ministro fraudando os incautos em nome de um pai, de um filho e de um espírito "santo" que, DE FORMA ALGUMA, podem estar relacionados ao Verdadeiro e Único Senhor Deus.

Creio que o conhecimento do estudo intitulado "Cronologia" vá ser muito importante para compreender a transcrição de outra parte do discurso apresentado no primeiro vídeo desta análise, quando Valdemiro, insuflado pelas das deturpações que vociferou, desafia qualquer um a provar seus enganos:

(...) Não desprezar a cruz é não desprezar o sacrifício, aquilo que Jesus fez por você... é isso que significa... é isso que significa...

Então... olha só... Quem crê em mim... Isso é taxativo! Não adianta querer inventar! (murmuração inteligível)

Quem quiser discutir isso comigo, você que é bacharel em teologia... muito inteligente... vem discutir!

É... eu abro aqui pra você... ao vivo! Vamos discutir! Vocês gostam disso, né?

Mas tragam alguns milagres: eu vou ter que colocar milagre no intervalo... se você não tiver milagre eu não acredito em você também não!

Só acredito em alguém que está credenciado. Lá em 2 Coríntios 12:12 diz que as credenciais do homem de Deus é a manifestação de Deus...

Se não trouxer milagre não venha falar comigo! Você que é sabichão...

Fico impressionado em como esse homem consegue tirar o texto bíblico de seu contexto para justificar suas sandices. Veja a passagem a qual ele se refere:

Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas. (2 Coríntios 12:12)

Essa passagem de jeito algum se refere a qualquer outra pessoa senão ao apóstolo abortivo, autor destas palavras: os sinais DO MEU APOSTOLADO!!!

Se esse estrupício que proclama a si próprio como "apóstolo" fosse um pouco menos preocupado em ganhar dinheiro e mais atento à Palavra de Deus, teria conhecimento dessa passagem:

Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade. (2 Tessalonicenses 2:3-12)

Quem vai estar fazendo sinais e prodígios nos tempos próximos ao retorno do Senhor Jesus Cristo vem da parte de satanás! O próprio Senhor Deus estará enviando a operação de erro para que aqueles que não quiseram crer na Verdade sejam levados ao julgamento e à condenação, conforme está descrito nesta passagem:

Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. (Mateus 7:15-23)

E, falando sobre frutos, Valdemiro apregoa que SEUS milagres são seus frutos, mas esquece completamente qual a definição bíblica sobre os frutos que diferenciam quem é de Deus daqueles que estão submissos à carne e a satanás:

Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. (Gálatas 5:19-23)

Já comprovei através desta análise que o Valdemiro tem por fruto, no mínimo, a idolatria (a água "benta" do segundo vídeo) e a impureza (a cobrança do "trízimo, no terceiro vídeo). Se formos levar em consideração que ele se diz ministro sem saber aplicar a Palavra de forma correta, aí teremos aí a soberba e a mentira... e a Bíblia é bem clara ao afirmar que aqueles que praticam tais coisas NÃO HERDARÃO o reino de Deus!

Quem quiser compreender melhor sobre sinais e prodígios no final dos tempos, por favor leia "Uma Definição Para Apostasia". Mas de qualquer forma, se você é seguidor deste homem cuja torpe ganância salta aos olhos e foi capaz de acompanhar esta análise até aqui, por favor pegue sua Bíblia e veja por si próprio se as coisas são como apresento! Coloque esse cérebro para funcionar, mesmo que o seu líder não goste disso! Não precisa confiar em mim, mas confie na Palavra de Deus!

Sabendo então que este é um homem sujo e deturpador da Palavra, não podemos deixar de esclarecer que seu ministério não vai acabar por causa disso... pelo contrário: vai aumentar e prosperar cada vez mais!

Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados. (2 Timóteo 3:13)

Apenas para efeito de registro, apresento no vídeo abaixo dois líderes evangélicos que estão de comum acordo e que sorriem o tempo todo para as abominações praticadas pelo Valdemiro:



Lembrem-se sempre das seguintes passagens quando se depararem com pessoas como estas:

E João lhe respondeu, dizendo: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava demônios, o qual não nos segue; e nós lho proibimos, porque não nos segue. Jesus, porém, disse: Não lho proibais; porque ninguém há que faça milagre em meu nome e possa logo falar mal de mim. Porque quem não é contra nós, é por nós. (Marcos 9:38-40)

Já por carta vos tenho escrito, que não vos associeis com os que se prostituem; Isto não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo. (1 Coríntios 5:9-13)

Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o, Sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado. (Tito 3:10-11)

Estas passagens significam que:

1. Os pastores que participaram do "culto" promovido por Valdemiro teriam a obrigação moral e bíblica de exortá-lo, ao invés de ficarem sorrindo como dois corruptos gananciosos que são... mas sabemos que fazem isso porque têm telhado de vidro.

2. Através deste estudo cumpro meu papel de exortação: não preciso ir a um programa ao vivo, conforme Valdemiro promete, para chutar um cachorro morto (espiritualmente falando): se ele precisa de sinais e prodígios para se convencer de alguma coisa, Deus os enviará cada vez mais para ele, exatamente conforme 2 Tessalonicenses 2.

3. Como sei que serei ignorado e até mesmo ridicularizado, com este roubador idólatra não quero nada... nem mesmo tomar um lanche!

4. Se você reconhece que tudo o que foi apresentado nesta análise é verdade de acordo com a Palavra de Deus, siga a recomendação da passagem abaixo:

Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. (1 Timóteo 6:3-5)

A Bíblia em momento algum obriga o cristão a permanecer sob um jugo desigual e muito menos em locais onde não se esteja em concordância:

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei; E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso. (2 Coríntios 6:14-18)

Não adianta querer parar, conforme Marcos 9, esse ministério de enganos, mas adianta querer abrir os olhos daqueles que foram destinados à salvação e talvez, através desse texto, possam ser despertados para a seriedade do perigo que estão correndo ao participar dos rituais que ocorrem nas filiais dessa tal Igreja Mundial do Poder de deus.

A apostasia é uma profecia bíblica e de forma alguma deixará de se cumprir: temos nesta análise um documento comprobatório que o "apóstolo" Valdemiro Santiago e sua Igreja Mundial do Poder de deus (qual deus? Mamom?) são instrumentos ativos para tal objetivo.

Caso queira comentar alguma coisa sobre esta postagem, por favor faça-o aqui.

03 de janeiro de 2011: Não deixem de ler: O ANALFABÍBLICO !!

O Senhor Deus proteja àqueles que desejam serví-lO em espírito e em verdade, abençoando com sabedoria e discernimento para que possam saber reconhecer as ciladas do maligno.

Teóphilo Noturno

Paul Washer - Examina-te a ti mesmo

domingo, 7 de agosto de 2011

David Wikerson - Um Chamado Para Angústia

Comunicado.

A paz do Senhor irmãos, quero pedir desculpas por esse dias não ter postado nada, motivo?
Estava participando do Encontro com Deus que minha igreja proporciona durante o ano, o encontro foi uma benção muitas vidas transformadas e restauradas para a gloria de Deus.
Estamos de volta e vamos postar mais vídeos e estudos para a gloria de Deus.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

John Piper - Com Temor e Tremor

Sergio Saas - És o Meu Herói




Vejo me pequeno, começando a entender
Que o mundo e tudo ao meu redor
Foi criado por um Deus
Ouvi tantas historias, sobre o povo de Israel
Ouvi de um Deus poderoso e super protetor
Abriu o mar vermelho, fez até o sol parar
E no entender de uma criança era um super herói

És o meu herói
Você é o meu herói
Doador de toda a vida, és o meu super herói
És o meu herói
Você é o meu herói
Eu nunca encontrei no mundo
Um amor tão forte assim és o meu herói

Li a tua palavra, me tornei conhecedor
Que esse mesmo Deus na cruz, por mim se entregou
Salvou a minha vida, me fez mais que vencedor
Até sobre a própria morte, Ele triunfou

És o meu herói
Você é o meu herói
Doando sua própria vida mesmo sem eu merecer
És o meu herói
Você é o meu herói
Eu nunca encontrei no mundo um amor tão forte assim
És o meu herói

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Silas Malafaia e Morris Cerullo vendem “unção da medida extra” por 911 reais



Silas Malafaia trouxe Morris Cerullo ao Brasil mais uma vez para vender bênçãos. Desta vez, a benção a ser vendida, ou melhor, conquistada a quem ofertar para o programa divide-se em três partes: (1) discernimento do tempo em que estamos, segundo o Cerullo um tempo de bênçãos para quem seguir o homem de deus (Deus Mamom); (2) abertura dos olhos espirituais, para que o crente enxergue que eles estão falando a verdade e que, por isso, a oferta tem que ser feita; (3) a dádiva da medida extra de deus, na qual nunca mais a pessoa ficará doente (nem febre, segundo o Cerullão!), e (4) onde o crente receberá a riqueza dos ímpios, tipo o povo hebreu que levou as riquezas do Egito quando fugiu de lá.
É, mas tudo tem um preço… Nesse caso, para conquistar essas bênçãos, o fiel terá que desembolsar 911 reais.
911 é um número interessante. É a junção dos 900, valor pedido na primeira vinda do Cerullão, há dois anos, e do 11, afinal estamos em 2011. Na verdade, isso é conjectura minha, pois não explicaram o porquê desse valor. Porém, para quem gosta de teoria da conspiração, 911 tem um significado ainda maior, por juntar os dois números preferidos dos satanistas: o 9 e o 11.
Segundo o site Iluminatti Experts, “de acordo com o ex-satanista William Schnoebelen (Lúcifer Destronado, pág. 149), o número ‘nove é um dos números mais apreciados pelos satanistas, pois é o único número que se reduz a si mesmo sempre’ (faça o teste pegando qualquer número múltiplo de nove e depois somando seus algarismos – o resultado será sempre nove). Outra informação interessante é que os ocultistas usam o número 999 como disfarce para o número 666 (já que aquele é só uma inversão deste). Já o número onze, de acordo com David Meyers (também ex-satanista e autor do site Last Trumpet Ministries), ‘é o número de Aquário, porque Aquário é o décimo primeiro signo no Zodíaco’.”
Se o 911 foi escolhido de propósito ou não, não sei. Mas é fácil observar na “pregação” do Cerullo várias evidências de engano gospel:
- a forma de mistificar sua profecia, obrigando a quem assiste a repetir, em vários pontos do vídeo, palavras ou frases;
- a tentativa de obter obediência cega, como quando, no final, o Cerullão diz para o fiel não hesitar para ligar para o programa, afinal “hesitação é como um pecado”. Assim, só do fiel ousar pensar em duvidar do homem de deus, já estará pecando contra Deus. Também é pedido que o fiel só ligue na hora em que o profeta de deus decidir.
- a farsa das falsas lágrimas de unção do Cerullo, em 27:15min do vídeo. Notem que ele não está chorando, mas mesmo assim dramatiza a situação, levando um lenço para enxugar os olhos.
- a fabricação da “unção do riso”, 33:30min, onde o Cerullão começa a rir de unção, e o Malafaia começa a rir atrás, porém numa risada tão falsa que, se estivesse em Hollywood, levaria o Framboesa de Ouro de pior ator.
Existem muitas outras falhas gospel nessa nova profetada, mas não estou com estômago para rever o programa. O fato é que a tal bênção será dada a quem ofertar, e esse receberá, “inteiramente grátis”, a Bíblia da Oração do próprio Morris Cerullo (já que a Bíblia da Vitória Financeira já caiu em total descrédito).
E mais! Quem tiver maior fé (em outras palavras, maior conta bancária), deverá doar não 911, mas 10.011 reais para o programa. Nesse caso, o profeta de deus Cerullão imporá sua santa e ungida mão no papel com o nome desses ofertantes especiais.
Enfim, “creia nos profetas para a prosperidade”, palavras do pastor. É pegar ou largar.
Que realmente Deus (o verdadeiro) dê discernimento ao Seu povo e abra seus olhos espirituais, para não caírem na lábia dos profetas de Mamom de nosso tempo.
Para quem quiser conferir o estelionato gospel:

Silas Malafaia NEGOU suas próprias palavras!



Veja a contradição do pastor Silas Malafaia neste vídeo de 6 minutos e depois tire as suas próprias conclusões. Não deixe de assistir até o final.


Redes Sociais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...