Cinco Votos para Obter Poder Espiritual.

Primeiro - Trate Seriamente com o Pecado. Segundo - Não Seja Dono de Coisa Alguma. Terceiro - Nunca se Defenda. Quarto - Nunca Passe Adiante Algo que Prejudique Alguém. Quinto - Nunca Aceite Qualquer Glória. A.W. Tozer

quinta-feira, 26 de março de 2015

Eu quero o meu milagre!

    
 
O título deste artigo parece ser uma das marca da nossa geração, a geração dos milagres, dos sinais. Mas não se trata de qualquer milagre, pois esta é a geração do MEU milagre.

Parece o lema do “cada um por si e Deus por todos”. Cada um busca alcançar suas próprias metas, seus próprios milagres. Na verdade, eu não considero injusto buscarmos alcançar objetivos pessoais, porém isso se trata de uma relação também pessoal entre você, seus sonhos e Deus, não devendo se tornar uma extensão primordial da liturgia e doutrina eclesiástica.

Ainda se considerarmos a inexistência desse tipo de prática no Novo Testamento (o de reivindicar o meu milagre), esta atitude se torna bem mais estranha e sem sentido, uma vez que é possível encontrar conceitos inversos a este na Palavra de Deus:

Ninguém busque o proveito próprio, antes cada um o que é proveitoso para os outros”. (I Co 10:24)

Porém, o problema aqui não é simplesmente buscar benefícios apenas para si mesmo, sem considerar o bem dos outros, tornando-se amantes de si mesmos (II Tm 3:2), mas também que os milagres que esta geração busca, nem de longe possuem a importância dos verdadeiros milagres de que o ser humano precisa.

O verdadeiro milagre que precisamos buscar é a conversão do coração do ser humano de volta aos caminhos de amor do nosso Deus. É quando um pecador se entrega totalmente a Jesus Cristo para servi-lo, abandonando o pecado e tendo sua vida restaurada. É o milagre da fé, que age de forma a nos tornar participantes do sacrifício definitivo do Cordeiro de Deus, o único com poder para extirpar o pecado.

Este milagre é capaz de restaurar famílias, relacionamentos, enxugar lágrimas e fazer com que inimigos se tornem irmãos. Esse milagre eu também quero! Esse milagre eu também busco e não apenas para mim, mas através da pregação deste Evangelho da fé pretendo que o proveito que ele me trouxe venha sobre a vida de muitos outros.

Não se trata simplesmente de um emprego melhor, de uma conta bancária “gorda” ou de uma casa própria. Trata-se de salvação da alma, amor e perdão.

O amor que somente o milagre de Cristo, simbolizado pelo sinal de Jonas, pode nos dar...

Pense nisso.

***
Ruy Cavalcante, para o Púlpito Cristão.                                     
                                                

Redes Sociais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...