Cinco Votos para Obter Poder Espiritual.

Primeiro - Trate Seriamente com o Pecado. Segundo - Não Seja Dono de Coisa Alguma. Terceiro - Nunca se Defenda. Quarto - Nunca Passe Adiante Algo que Prejudique Alguém. Quinto - Nunca Aceite Qualquer Glória. A.W. Tozer

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Marina e a "profecia"

Por Gutierres Fernandes Siqueira

Corre na internet uma "profecia" onde um pastor norte-americano diz que o Senhor levantaria uma "mulher segundo o coração de Deus" para levar o Brasil à prosperidade e à paz. Essa pregação, segundo a descrição do vídeo, teria ocorrido numa igreja brasileira nos Estados Unidos no ano de 2011. 

Bom, muitos evangélicos eufóricos viram em Marina Silva o cumprimento dessa "palavra profética" com toda as aspas possíveis.

Eu creio em profecias, mas eu não creio em ungidos políticos ou políticos ungidos. A democracia demanda a ausência de utopias e sacerdotes de ideologias, mesmo as ideologias religiosas. Não podemos aceitar uma teonomia e nem uma teocracia e muito menos um messianismo político. O Brasil não precisa de um Davi. O rei Davi era para a Antiga Aliança. O Brasil precisa de gente competente...

Bom, por que tudo isso é uma grande bobagem?

a) É muito comum em igrejas neopentecostais as ditas "palavras proféticas" sobre "um novo tempo no Brasil". Quem acompanhou a candidatura de Anthony Garotinho à presidência em 2002 viu uma série desses espetáculos. A diferença é que não existia viral de internet na época. Eu era um adolescente recém-convertido e muito ouvi em 2002 que Deus nos daria "um novo país" com o "primeiro presidente evangélico". Bom, além da bobagem mística em si, houve até mesmo um erro histórico, pois o Brasil já teve dois presidentes protestantes, respectivamente o presbiteriano Café Filho e o autoritário luterano Ernesto Geisel. A própria Marina Silva foi objeto de profecia de que seria presidente ainda em 2010, segundo mais uma trapalhada da “apóstola” Valnice Milhomens.

b) O Brasil não é Israel da Antiga Aliança. É até possível que um presidente seja reverente e piedoso, mas isso não é garantia de prosperidade e paz para uma nação. Havia uma relação entre o líder piedoso e o desenvolvimento do povo na Antiga Aliança, ou seja, entre Deus e Israel, mas a Antiga Aliança acabou enquanto que "a lei e os profetas duraram até João" (Lucas 16.16). Muitos evangélicos esquecem esse princípio elementar do cristianismo, ou seja, estamos em uma nova Aliança entre Cristo e o indivíduo e não entre Cristo e uma nação.

c) Marina é apenas mais uma candidata. Caso queria votar nela, vote pelas propostas e pelo projeto político. Não espiritualize a candidatura de Marina. É muito perigoso para a democracia uma candidatura espiritualizada por parte considerável da população. Na história antiga e moderna esse modelo híbrido entre política e “sujeitos ungidos”
nunca deu certo. "Dai pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”, disse o próprio Jesus em Mateus 22.21. É necessário separar devidamente o Estado da Igreja.

Marina não é candidata ao ministério pastoral, mas sim à Presidência da República, portanto, trate-a como tal.

Redes Sociais

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...